Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Dezembro, 2010

A Área disciplinar de Matemática deseja a toda a Comunidade Escolar um Bom Natal e um Excelente Ano Novo!

Read Full Post »

Da família dos números mágicos faz parte o número 37037.
E é mágico porquê?
Porque se o multiplicarmos por um algarismo x , qualquer, e seguidamente multiplicarmos o resultado por 3, obteremos um número em que todos os dígitos são iguais a x.
Observa:
37037 x 5 = 185185
e agora se multiplicarmos o resultado por 3 , isto é,
185185 x 3 = 555555
Curioso não é?
Verifica com outros algarismos

Read Full Post »

Info_2_2011_MatematicaA_SEC

Info_2_2011_Matematica_3CEB

Read Full Post »

Desafio 1

EU TENHO O DOBRO DA IDADE QUE TU TINHAS QUANDO EU TINHA A TUA IDADE.

QUANDO TU TIVERES A MINHA IDADE, A SOMA DAS NOSSAS IDADES SERÁ DE 45 ANOS.

QUAIS SÃO AS NOSSAS IDADES???

Read Full Post »

Matemático do Mês

 

Hipatia de Alexandria

A primeira mulher da qual nos chegou registo de ter trabalhado e escrito Matemática foi a grega Hipatia.

Hipatia nasceu em Alexandria por volta do ano 370. Da sua formação, sabe-se apenas que foi educada pelo seu pai, Teon, que trabalhava no famoso Museu de Alexandria. Ele ficou conhecido pelos seus comentários sobre o Almagesto de Ptolomeu, e por uma edição na revista dos Elementos de Euclides que serviu de base às edições posteriores dessa obra. Apesar de nenhum fragmento dos seus escritos ter sido preservado, parece que ela deve ter ajudado o seu pai nesse trabalho. Acredita-se também que Hipatia escreveu comentários sobre As Secções Cônicas de Apolônio, sobre a Aritmética de Diofanto e sobre o Almagesto. Ela também inventou alguns aparelhos mecânicos e escreveu uma tábua de astronomia.

Hipatia destacou-se pela sua beleza, eloquência e cultura. Tornou-se uma filósofa conhecida, chegou a ser directora da escola Neoplatônica de Alexandria e ministrou aulas no Museu de Alexandria. Entretanto, sua filosofia pagã (séculos depois ainda seria acusada de bruxa) e seu prestígio suscitaram a inveja dos seus opositores.

O fim dessa mulher foi trágico e triste. Hipatia foi envolvida na disputa em que se encontrava o poder político e religioso de Alexandria e foi acusada de não ter querido reconciliar as partes. Isso foi o suficiente para incitar a fúria de uma turba de cristãos fanáticos. Um dia, ao chegar em casa, Hipatia foi surpreendida por essa turba enfurecida, que a atacou, a despiu e esquartejou o seu corpo, matando-a de uma forma grotesca.

Com a morte de Hipatia, em 415, finda-se a gloriosa fase da Matemática alexandrina. A Matemática na Europa Ocidental entrou nessa altura numa profunda estagnação, na qual nada mais seria produzido durante mil anos.

Read Full Post »